Obama nomeia Shannon embaixador no Brasil

Escolhido era responsável pela América Latina no Departamento de Estado

ASSOCIATED PRESS E AFP, O Estadao de S.Paulo

28 de maio de 2009 | 00h00

O governo americano nomeou ontem o responsável da diplomacia para a América Latina no Departamento de Estado, Thomas Shannon, como novo embaixador dos EUA no Brasil.Shannon, no serviço diplomático desde 1984, era o responsável para a região desde 2005, quando foi nomeado pelo então presidente, George W. Bush. Agora, Shannon será substituído por Arturo Valenzuela, ex-membro do governo do presidente Bill Clinton, assim que for ratificado pelo Senado.Anteriormente, Shannon foi o encarregado de América Latina no Conselho de Segurança (2003 a 2005) e representante dos EUA na Organização dos Estados Americanos (OEA), de 2000 2001. Shannon também trabalhou como assessor especial da Embaixada dos EUA em Brasília entre 1989 e 1992.ARGENTINAO governo do presidente Barack Obama nomeou ontem embaixadores para vários países. A advogada Vilma Martínez assumirá a Embaixada dos EUA na Argentina. Vilma, atualmente assessora de empresas em desenvolvimento de programas de inclusão, trabalhou durante nove anos como presidente do Fundo México-EUA para Defesa Legal e Educação.Para a sede diplomática em Londres, Obama escolheu Louis Susman, vice-presidente aposentado do Citigroup Corporate. Ele levantou centenas de milhões de dólares em doações para as campanhas democratas.A Casa Branca também anunciou a nomeação de Miguel H. Diaz, professor associado de teologia no Saint Benedict College, Minnesota, para a embaixada no Vaticano. O teólogo cubano-americano assessorou Obama durante sua campanha presidencial.O deputado Tim Roemer, de Indiana, foi nomeado embaixador dos EUA em Nova Délhi. O ex-comissário do 11 de Setembro apoiou Obama durante a campanha nas eleições primárias do Partido Democrata e é um grande defensor das políticas externas do presidente.Como representante diplomático na França, a Casa Branca escolheu Charles Rivkin, um assessor de Segurança Interna. Ex-analista financeiro, Rivkin também presidiu companhias de entretenimento como a Jim Henson Co. e a Wild Brain.O advogado especializado em internet e biotecnologia John Roos será o novo embaixador americano no Japão. Como executivo em empresas de advocacia em Palo Alto, Califórnia, Roos ajudou a levantar dinheiro para várias companhias.Christopher Dell, atual diplomata no Afeganistão, foi escolhido como embaixador para Kosovo. Patricia Butenis, diplomata no Iraque, será embaixadora dos EUA no Sri Lanka e nas Maldivas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.