Obama parabeniza a Ucrânia por eleição presidencial

O presidente dos EUA, Barack Obama, parabenizou a Ucrânia por sua eleição presidencial neste domingo, apesar do que chamou de "provocações" da Rússia e de seus aliados.

AE, Agência Estado

25 Maio 2014 | 17h21

"Em nome de todos os americanos, eu parabenizo o povo ucraniano por fazer suas vozes serem ouvidas ao votarem nas eleições presidenciais hoje", disse Obama, segundo comunicado divulgado pela Casa Branca.

"Apesar das provocações e violência, milhões de ucranianos foram às urnas em todo o país, e mesmo em partes do leste da Ucrânia, onde grupos separatistas apoiados pela Rússia buscaram separar regiões inteiras, alguns ucranianos corajosos conseguiram mesmo assim registrar seus votos", acrescentou Obama.

O magnata Petro Poroshenko declarou vitória após pesquisas de boca de urna apontarem que ele teve 56% dos votos. No entanto, Obama não comentou sobre as perspectivas de um governo de Poroshenko.

"Os EUA anseiam por trabalhar com o próximo presidente, assim como com o Parlamento eleito democraticamente, para apoiar os esforços da Ucrânia para implementar importantes reformas políticas e econômicas", completou o presidente americano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
EUA Obama Ucrânia eleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.