Obama pede que Clinton e Bush liderem ajuda ao Haiti

O Presidente Barack Obama afirmou que a ajuda para aliviar a população haitiana do desastre causado pelo terremoto devastador não será medida em dias, nem em semanas, mas em meses ou anos. Obama também disse que está sendo um "desafio enorme" entregar ajuda rápida e com segurança ao Haiti.

AE-AP, Agencia Estado

16 de janeiro de 2010 | 16h23

Obama reuniu-se com os ex-presidentes Bill Clinton e George W. Bush na Casa Branca e solicitou ao dois que coordenem os esforços para envolver mais norte-americanos nos planos de ajuda à nação caribenha.

Bush disse que a melhor forma de ajudar as pessoas é "enviando dinheiro". Clinton afirmou que os haitianos podem construir um futuro melhor se os americanos fizerem parte dele. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.