Obama promete estender redução de impostos

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, comprometeu-se hoje com os líderes da bancada republicana no Congresso a estender a todas as pessoas físicas do país a redução de impostos hoje destinada apenas à camada mais rica da população.

DENISE CHRISPIM MARIN, Agência Estado

06 de dezembro de 2010 | 22h55

O benefício deverá vigorar por dois anos, confirme anunciou Obama, visivelmente contrariado. Como contrapartida, a oposição acatou a prorrogação por 13 meses do seguro-desemprego de 2 milhões de trabalhadores, cuja vigência terminaria no final mês, e medidas de incentivo às empresas à contratação de mão-de-obra e de auxílio a um segmento de baixa renda.

O pacote deverá custar US$ 900 bilhões ao ano aos cofres públicos. Deverá ser votado até o próximo dia 17 pelo Congresso, no chamado lame duck (pato manco, em inglês), o período final de um mandato legislativo.

Acentuado pela permanência do benefício fiscal para a população mais rica do país, o custo desse acordo indicou a opção do governo americano - Casa Branca e Congresso - por medidas de efeito mais rápido de impulso à economia. Respondeu, em especial, ao aumento da taxa de desemprego para 9,8%, em novembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.