Kevin Lamarque / Reuters
Kevin Lamarque / Reuters

Obama promete levar responsáveis por tiroteio em Washington à Justiça

Quero que as investigações sejam conduzidas por agentes locais e federais, diz o presidente

O Estado de S. Paulo,

16 Setembro 2013 | 13h57

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta segunda-feira, 16, que a morte de ao menos seis pessoas em um centro de comando da Marinha em Washington é produto de outro “tiroteio em massa” no país. O presidente lamentou a perda de “patriotas” que serviam no local.

Veja também: 
link Ao Vivo: assista à transmissão da TV americana (em inglês)

 

“ Os responsáveis por esse ato canalha serão responsabilizados”, disse o presidente durante cerimônia que marcou o 5º aniversário da crise financeira de 2008.  “Quero que as investigações sejam conduzidas por agentes locais e federais.”

Obama tem sido atualizado  sobre a situação em Navy Yard pela assessora para Segurança Interna e Contraterrorismo, Lisa Monaco e a subchefe de gabinete Alysssa Mastomanaco. / AP e REUTERS

Veja o local do tiroteio:

Mais conteúdo sobre:
Barack ObamaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.