Obama quase alcança Hillary em arrecadação de fundos

O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos Barack Obama arrecadou pelo menos US$ 25 milhões no primeiro trimestre de 2007, informou a campanha do senador nesta quarta-feira, 4, apenas um pouco atrás da senadora Hillary Rodham Clinton, que levantou US$ 26 milhões.Obama, que está no Senado dos EUA há apenas dois anos, e esteve oito anos na Assembléia Legislativa do Estado de Illinois, apareceu atrás de sua colega de Nova York em algumas pesquisas de opinião anteriores. "Esta é uma esmagadora resposta, em apenas algumas semanas mostra a vontade por um tipo diferente de política nesse país e uma crença de que Barack Obama pode trazer o melhor nos Estados Unidos para resolver nossos problemas", disse Penny Pritzker, chefe de finanças da campanha de Obama.O comando da campanha do senador de Illinois explicou que maisde 100 mil pessoas fizeram contribuições, e que pelo menos US$ 23,5 milhões poderão ser utilizados já nas eleições primárias do Partido Democrata, que terão início em fevereiro de 2008.No domingo, Hillary anunciou uma arrecadação recorde para as prévias do partido. No primeiro trimestre de 2003, os quatro pré-candidatos democratas mais bem colocados nas enquetes para as eleições de 2004 arrecadaram US$ 23 milhões juntos, afirmou a equipe de Clinton.A esposa do ex-presidente Bill Clinton obteve US$ 26 milhões em doações desde 20 de janeiro, quando lançou oficialmente sua campanha. Além dos US$ 26 milhões, há outros US$ 10 milhões que Hillary Clinton transferiu para sua campanha presidencial do dinheiro que ainda restava do fundo criado para sua reeleição como senadora nas eleições legislativas de novembro do ano passado.O anúncio ocorre logo após a divulgação de um estudo elaboradopela Universidade de New Hampshire, para a rede de televisão "CNN", que mostrou que a senadora de Nova York perdeu apoio popular.A pesquisa mostra que o respaldo popular à candidatura de Hillarycaiu de 35% para 27%, ao tempo que o apoio ao ex-senador da Carolina do Norte John Edwards subiu de 16% para 21%, e Obama ficou com 20%.Matéria ampliada às 14h43 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.