Obama quer ações concretas de Assad sobre armas

Washington, 14/09/2013 - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse em seu programa semanal de rádio que o presidente da Síria, Bashar Assad, deve tomar "ações concretas" para mostrar que está sério em relação a abandonar o uso de armas químicas.

Agência Estado

14 de setembro de 2013 | 12h21

Obama fez os comentários em discurso gravado na sexta-feira e que foi ao ar neste sábado, antes de os EUA e a Rússia terem fechado um acordo em relação à Síria, para que o governo sírio destrua seu arsenal químico.

O presidente dos EUA culpa o governo sírio pelo ataque com armas químicas no dia 21 de agosto, que matou mais de 1.400 pessoas, entre elas crianças. Obama tinha ameaçado uma intervenção militar ao país, mas voltou atrás e resolveu esperar pelas conversas com os russos. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAOBAMASÍRIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.