Obama quer revisar veto a controle de gases estufa

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ordenou hoje que a Agência de Proteção Ambiental considere a possibilidade de permitir que a Califórnia regule as emissões de gases estufa provenientes de automóveis. "O governo federal deve trabalhar com, e não contra, os Estados para reduzir as emissões de gases estufa", disse Obama durante uma entrevista coletiva com ativistas do meio ambiente e integrantes de seu gabinete. Ele ordenou que a Agência de Proteção Ambiental "reveja imediatamente" uma decisão de 2007, do governo de George W. Bush, que nega à Califórnia a concessão para ir adiante nessa questão. A ordem executiva colocará em ação a revisão na agência, cujos próprios funcionários haviam pedido anteriormente que a Califórnia recebesse permissão para seguir com as regras, segundo investigadores do Congresso. Não está claro quanto tempo a agência vai demorar para tomar sua decisão, embora o principal regulador de meio ambiente da Califórnia tenha dito que a revisão da agência possa ser concluída em quatro meses.A medida assinala uma importante mudança de rumo em relação ao governo anterior, em uma questão que tem dividido o eleitorado do Partido Democrata. O anúncio de Obama deve iniciar uma guerra entre dois importantes blocos de eleitores democratas: ambientalistas e funcionários do governo que querem poder para estabelecer regras para a emissão de gases causadores do efeito estufa, e fabricantes de automóveis e sindicatos que dizem que tais regras vão intensificar as preocupações da indústria, após o pior ano de vendas de veículos em mais de uma década.Combustível Obama também pretende enviar regras ao Departamento de Transportes para complementar os padrões de economia de combustível até março, de maneira que elas possam entrar em vigor para os modelos de 2011. A administração de George W. Bush havia prometido tomar essas medidas antes do final do governo, mas por fim passou a bola para Barack Obama.As diretrizes sobre padrões de economia de combustível não vão alterar as políticas federais, que já exigem padrões mais rígidos. Mas assegura que esses novos padrões serão usados nos modelos de carros 2011. As novas diretrizes para a Agência de Proteção Ambiental colocarão em andamento um processo que pode, no final das contas, exigir que as montadoras produzam veículos que emitam menos poluentes para serem vendidos em Estados que adotem padrões mais rígidos. Com informações da Dow Jones e da Associated Press.

AE, Agencia Estado

26 de janeiro de 2009 | 20h34

Tudo o que sabemos sobre:
EUAObamameio ambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.