Obama: queremos resposta efetiva que impeça ataques

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse há pouco que a comunidade internacional não pode se silenciar em relação ao suposto ataque com armas químicas na Síria. De acordo com Obama, uma ação efetiva na Síria deve evitar que outras ofensivas semelhantes ocorram no futuro.

AE, Agência Estado

04 Setembro 2013 | 10h38

Acreditamos que armas químicas foram usadas na Síria e que o regime de [Bashar]Assad foi a fonte, afirmou o Obama em uma coletiva de imprensa conjunta com o premiê sueco, Fredrik Reinfeldt. Segundo o presidente norte-americano, fracasso em responder ao ataque da Síria aumentaria os riscos na região.

Mais conteúdo sobre:
SUÉCIAOBAMA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.