Obama renova esforços contra mudanças climáticas

O presidente dos EUA, Barack Obama, renovou hoje seus esforços para a redução das emissões de carbono, dizendo que o debate científico sobre a mudança climática acabou e anunciando quase US$ 1 bilhão para financiar medidas que atenuem os efeitos do clima extremo.

AE, Agência Estado

14 de junho de 2014 | 16h57

"Os que negam a mudança climática sugerem que ainda existe um debate científico, mas não existe", afirmou. Obama comparou aqueles que rejeitam a visão de que a atividade humana contribuiu para mudanças nas temperaturas a alguém que acredita que a lua é feita de queijo.

Em maio, a Casa Branca divulgou um relatório destacando o clima extremo, alergias sazonais e uma série de outros efeitos advindos do aumento das temperaturas globais.

A recepção ao plano tem sido mista. A mudança climática não foi uma questão importante durante as eleições e alguns parlamentares rejeitaram a abordagem de Obama, dizendo que ela ameaça a economia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
EUAObamaclima

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.