Obama senta no banco usado por Rosa Parks, ícone da luta contra a segregação.

A mesma cadeira de ônibus que a secretária negra Rosa Parks recusou ceder a um branco em 1955, desatando protestos em massa contra a segregação racial nos EUA, foi ocupada ontem por Barack Obama. O presidente americano - em pré-campanha pelo segundo mandato - tomou o assento enquanto visitava o museu Henry Ford, no Michigan, onde está exposto o ônibus em que foi protagonizado um dos episódios mais marcantes da política americana no século 20. "Estive sentado em um momento de reflexão sobre as pessoas que não aparecem nos livros de história, mas que insistiram na busca pela dignidade e na sua participação no sonho americano", afirmou Obama.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.