Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Obama telefona para presidente sul-coreano e lamenta naufrágio de navio

Embarcação afundou na sexta passada com 104 pessoas a bordo; 46 seguem desaparecidas

31 de março de 2010 | 21h45

Efe

 

WASHINGTON- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, telefonou nesta quarta-feira, 31, para o presidente da Coreia do Sul, Lee Myung-bak, e transmitiu suas condolências pelo naufrágio, há cinco dias, de uma embarcação de guerra perto da fronteira marítima com a Coreia do Norte.

 

Obama disse a Myung-bak que os pensamentos e as preces dos americanos estão com as famílias dos desaparecidos, segundo um comunicado divulgado pelo escritório de imprensa da Casa Branca.

 

Durante a conversa, o presidente americano afirmou que a Marinha dos Estados Unidos havia ajudado nas tarefas de busca e está disposta a dar mais ajuda se for necessário.

 

O navio, de 1.200 toneladas e com 104 pessoas a bordo, afundou na sexta-feira em uma área do Mar Amarelo (Mar Ocidental) próxima à fronteira com a Coreia do Norte, por causas ainda desconhecidas.

 

Do total de pessoas a bordo, 58 foram resgatadas, entre elas o capitão da embarcação, e outras 46 seguem desaparecidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.