Obama teria pedido a Bush que ajude no Haiti

O ex-presidente George W. Bush deve juntar a seu antecessor, Bill Clinton, na ajuda para liderar os esforços de auxílio norte-americano ao Haiti, informou hoje uma autoridade próxima a Bush.

AE, Agencia Estado

14 de janeiro de 2010 | 13h23

Bush, que ocupou o cargo antes de Barack Obama, "vai se juntar ao presidente Clinton no envio de socorro" após o terremoto, disse a autoridade à agência France Presse em condição de anonimato. O anúncio oficial deve vir da Casa Branca.

Os Estados Unidos lançaram um grande operação de socorro que inclui especialistas, lanchas da guarda costeira, helicópteros, aviões de transporte e o porta-aviões USS Carl Vinson, com 2 mil fuzileiros navais.

O USNS Comfort, um navio hospitalar, e um grupo de médicos e suprimentos médicos também estão à caminho do Haiti.

A Casa Branca recusou-se a comentar o assunto, mas disse que Obama fará uma nova declaração sobre os desdobramentos da ajuda norte-americana ao Haiti ainda hoje.

Ontem, Obama ordenou um "rápido, coordenado e agressivo esforço para salvar vidas" após o terremoto, enquanto uma grande missão de socorro era colocada em ação, abrangendo tropas, forças navais, aviões e equipes de resgate.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoBarack ObamaGeorge Bush

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.