Obama traça meta para envio de astronautas a Marte

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje que tem como objetivo fazer com que astronautas norte-americanos sejam enviados para a órbita de Marte em meados da década de 2030. "Até 2025, esperamos que novas espaçonaves feitas para longas viagens nos permitam iniciar a primeira missão tripulada além da Lua", afirmou Obama.

AE-AP, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 17h58

"Para tanto, começaremos enviando astronautas para um asteroide pela primeira vez na história. Até meados da década de 2030, eu acredito que poderemos enviar humanos para a órbita de Marte e os trazer de volta em segurança. Um pouso em Marte será a próxima etapa."

Obama visitou hoje o local onde são lançadas as viagens espaciais norte-americanas. O presidente disse que o Centro Espacial Kennedy lançou os norte-americanos para o espaço e tem inspirado a nação por meio século.

Apesar do fim iminente do programa de voos com ônibus espaciais, ele tentou reassegurar aos funcionários da Nasa, a agência espacial do país, que a aventura no espaço vai continuar. Obama disse que o programa espacial norte-americano não é um luxo, mas uma necessidade para o país.

Ele afirmou estar "100% comprometido" com a Nasa e com seu futuro. Segundo ele, a Nasa representa o que significa ser norte-americano, "atingindo novas alturas e o que for possível", e não está perto de seu final. Com informações da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUANasaastronautasMarteBarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.