Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Objetos de Gandhi serão repatriados

Um indiano arrematou ontem por US$ 1,8 milhão, em um leilão de Nova York, objetos pessoais que pertenceram ao líder Mahatma Gandhi e prometeu doá-los ao seu país. O vendedor tentou cancelar o leilão dos pertences - um óculos, sandálias, relógio, um pote e um prato - depois que Nova Délhi protestou, afirmando que os objetos fazem parte de sua história e devem ficar em um museu indiano. "Estou certo que todos ficarão felizes em saber que esses itens voltarão para casa", disse V.J. Mallya, comprador do lote. "Nunca imaginei que isso fosse causar tanta controvérsia", disse ex-proprietário das peças, James Otis. "Espero que tenhamos alcançado um resultado que seria aprovado por Gandhi."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.