Obra de Monet roubada há 10 anos teria sido encontrada

Uma pintura de Monet que foi retirada da moldura de um museu no oeste da Polônia e substituída por uma cópia em papelão dez anos atrás pode ter sido recuperada. Policiais prenderam um suspeito que mantinha a pintura impressionista "Beach in Pourville" e que confessou tê-la roubado.

AE-AP, Agencia Estado

13 de janeiro de 2010 | 15h17

O porta-voz da polícia de Poznan, Romuald Piecuch, disse que o quadro foi levado para o Museu Nacional de Poznan, onde especialistas vão verificar sua autenticidade. "Esperamos que seja nossa pintura roubada", afirmou a porta-voz do museu, Aleksandra Sobocinska.

Piecuch disse que oficiais detiveram um homem de 41 anos na cidade de Olkusz, sul do país, na terça-feira. Impressões digitais e outras pistas deixadas no local do roubo ajudaram a identificar o suspeito, afirmou.

O quadro, que mostra o mar batendo na praia em tons pastéis de azul e verde, foi avaliado em US$ 1 milhão no ano em que foi roubado. Sobocinska disse não ter estimativas do valor atual da obra, mas afirmou que "para nós, trata-se de uma obra-prima de valor incalculável".

Tudo o que sabemos sobre:
PolôniaMonetquadro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.