Obrador convoca nova manifestação no México

Simpatizantes de Andrés Manuel Lopez Obrador, candidato de esquerda derrotado nas eleições presidenciais do México, estão preparando uma passeata de protesto rumo ao tribunal eleitoral do país.Lopez Obrador, que defende que as eleições no país foram fraudadas, conclamou seus simpatizantes a fazer a manifestação depois que o tribunal eleitoral negou o seu pedido de recontagem total dos votos.?Isto é só o começo de uma série muito maior de manifestações?, disse o engenheiro José Antonio Valles, um dos manifestantes, à agência de notícias Reuters.É pouco provável que os sete juízes que têm de decidir até o próximo dia 6 por uma possível anulação da eleição se sintam coagidos a mudar sua decisão com a pressão popular.O tribunal autorizou a recontagem de 11,839 urnas, o que significa menos de 10% do total, e segundo Obrador, isso não é o suficiente.Segundo a agência de notícias Associated Press, Obrador acusou o atual presidente, Vicente Fox, de usar a máquina administrativa para garantir que seu partido vencesse a eleição.Os resultados oficiais deram a vitória ao candidato conservador, Felipe Calderón, por uma margem de menos de 1% dos votos.Milhares de manifestantes que apóiam a candidatura de Obrador ocuparam a praça principal da Cidade do México, e ameaçam fechar ruas e estradas, obstruindo o acesso ao centro da cidade.As lideranças que organizam as manifestações garantem que todos os protestos serão pacíficos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.