Observadores da Liga Árabe são atacados na Síria

Meios de comunicação oficiais do Kuwait informaram que um grupo de observadores da Liga Árabe foram atacados na cidade síria de Latakia, norte do país, na segunda-feira, e que dois oficiais do Exército kuwaitiano ficaram levemente feridos. A agência de notícias Kuna disse que os observadores foram atacados por "manifestantes desconhecidos".

AE, Agência Estado

10 de janeiro de 2012 | 12h22

Imagens postadas na internet por ativistas mostram o que parece ser um veículo branco da Liga Árabe em meio a uma multidão de manifestantes de Latakia, alguns dos quais dançavam em cima do carro.

O ministro de Relações Exteriores dos Emirados Árabe Unidos, xeque Abdullah bin Zayed Al-Nahayan, acusou o regime sírio de não facilitar o trabalho dos observadores da Liga Árabe e lamentou o ataque contra os enviados.

"O trabalho dos observadores está ficando mais difícil dia a dia...não vemos um comprometimento do lado sírio no sentido de permitir" que eles façam seu trabalho", disse o ministro nesta terça-feira em Abu Dabi.

"Infelizmente, ocorreram ataques contra os observadores, que claramente não foram realizados pelo lado opositor. "Este não é um indicador positivo", acrescentou. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriapolíticaobservadoresataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.