Observadores da ONU visitam local de massacre na Síria

Observadores das Nações Unidas visitaram neste sábado a vila de Treimsa, província central de Hama, onde mais de 200 pessoas teriam sido mortas após massacre ocorrido na quinta-feira, informa a Agência Dow Jones.

AE, Agência Estado

14 de julho de 2012 | 12h39

Segundo a Associated Press, as Nações Unidas dizem que observadores da ONU viram tropas do governo usando armas pesadas e realizando ataques por helicópteros. Ativistas afirmam que o exército cercou e atirou bombas antes de entrarem na vila, com homens armados matando pessoas pelas ruas. Vídeos mostram os tanques na cidade e dezenas de corpos estendidos nas ruas.

O site da CNN diz que o sábado continua sendo sangrento no país, com forças do regime do presidente Bashar al-Assad atirando de helicópteros que realizam voos rasante. A CNN afirma que pelo menos 35 pessoas morreram neste sábado no país em consequência da violência.

Tudo o que sabemos sobre:
massacreONU Síria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.