Ocidente atrasa debate sobre programa nuclear, diz Irã

O ministro de Relações Exteriores do Irã, Ali Akbar Salehi, culpou os países ocidentais por atrasarem a definição de um local para retomar as negociações sobre o programa nuclear de Teerã. Os comentários de Salehi sugerem que nenhum avanço foi feito sobre a proposta do Irã em usar o Egito como local para recomeçar as discussões.

AE, Agência Estado

28 de janeiro de 2013 | 08h33

As falas do ministro também podem ser uma resposta à União Europeia, que afirmou na semana passada que Teerã

estava deliberadamente atrasando as novas negociações com as seis potências mundiais ao mudar o local do encontro, entre outras táticas.

O Irã havia proposto Cairo como local de encontro. Salehi também sugeriu a Turquia, que sediou uma das rodadas em 2012. Os ocidentais não deram uma lista definitiva de opções, mas Salehi afirma que Casaquistão, Suíça e Suécia foram sugeridos.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãnuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.