Ocidente discute opções para dar força à rebelião

Grã-Bretanha, França e EUA discutiram ontem opções para reforçar a oposição síria na rebelião que pretende depor Bashar Assad. "Juntamente com (o presidente francês, François) Hollande, o primeiro-ministro (britânico, David Cameron) e (o presidente americano, Barack) Obama discutiram como incrementar o apoio já oferecido à oposição para pôr fim à chocante violência na Síria e promover a estabilidade", declarou o gabinete de Cameron em comunicado. / REUTERS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.