OEA abre Conferência de Segurança do continente

O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), César Gaviria, abriu nesta segunda-feira a Conferência de Segurança do continente, para ?colocar em evidência? o interesse das nações em manter ?a paz e a segurança? em seus países.?Estou convicto das possibilidades do hemisfério de conviver pacificamente. Necessitamos uns dos outros, os países mais poderosos e os mais deficientes?, disse Gaviria em seu discurso na sede da chancelaria da OEA na capital mexicana. O secretário-geral assinalou que ?no passado, nossa segurança era uma conseqüencia dos acontecimentos mundiais. Agora, temos a oportunidade de continuar construindo uma agenda comum de segurança, a serviço de nossos próprios valores e problemas?.Participaram do encontro representantes de 34 países do continente. Eles discutiram projetos e propostas sobre combate à pobreza, segurança do continente, combate ao terrorismo e ao narcotráfico e a eliminação de minas terrestres. Do lado de fora da chancelaria, um grupo de mexicanos contrários a Alca (Área de Livre Comércio das Américas) protestou contra a reunião, que será concluída na noite desta terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.