OEA nomeia novas autoridades de Comitê contra terrorismo

O período ordinário de sessões do Comitê Interamericano contra o Terrorismo (CITCE) da OEA terminou na sexta-feira, 2, no Panamá com a nomeação de novas autoridades para o biênio 2007-2008.O embaixador do Panamá na Organização dos Estados Americanos (OEA), Aristides Royo, assumiu a Presidência, substituindo o representante da Colômbia, Camilo Ospina, que apresentou o relatório de seu período de trabalho.O embaixador do Peru no Panamá, José Barba Caballero, foi nomeado vice-presidente e o diplomata argentino Gerardo Bompadre será o relator.Após a reunião, o CITCE emitiu a Declaração do Panamá, assinada pelos 34 Estados-membros da OEA, que renovaram o compromisso de fortalecer seus esforços para prevenir, combater e eliminar as ameaças à segurança na região.O documento menciona a necessidade de promover a cooperação internacional para proteger do terrorismo as "infra-estruturas de grande importância", como o Canal do Panamá.Segundo o documento, a proteção do Canal "exige a colaboração de todos". A Declaração do Panamá ressalta ainda a necessidade de promover uma série de medidas para melhorar a coordenação e o intercâmbio de informação entre os Estados-membros para "prevenir, mitigar e dissuadir ameaças às infra-estruturas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.