EFE/ABI
EFE/ABI

OEA pede novas eleições na Bolívia

Secretaria-Geral do órgão pediu anulação da votação que ocorreu em 20 de outubro e afirma que nova votação deve ser executada por novo órgão eleitoral

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2019 | 09h17

LA PAZ - A Secretaria-Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) pediu neste domingo, 10, a anulação do primeiro turno das eleições da Bolívia, realizadas há três semanas e consideradas como fraudulentas pela oposição. O órgão pediu ainda, através de comunicado, a realização de novas eleições.

"O primeiro turno das eleições realizado em 20 de outubro passado deve ser anulado e o processo eleitoral deve começar novamente, efetuando-se o primeiro turno assim que existirem novas condições que deem novas garantias para sua realização, entre elas uma nova composição do órgão eleitoral", diz o comunicado. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.