OEA realiza sessão especial para julgamento de presidente Lugo

Representantes dos Estados querem 'tomar conhecimento' do que acontece no Paraguai

Efe,

22 de junho de 2012 | 12h56

ASSUNÇÃO - O Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) iniciou nesta sexta-feira, 22, uma sessão extraordinária para discutir o impeachment apresentado contra o presidente do Paraguai, Fernando Lugo.

Veja também:

link Lugo entrará com ação contra julgamento político

link Entenda as acusações feitas ao presidente do Paraguai

link Congresso paraguaio vota hoje impeachment de Lugo

Os representantes dos Estados membros da OEA se reúnem na sede em Washington para "tomar conhecimento dos acontecimentos no Paraguai".

Veja também:

A acusação contra Lugo aconteceu nesta quinta-feira, 22, na Câmara dos Deputados e depois no Senado. Ele é acusado de mau exercício das suas funções em um confronto que tirou a vida de seis policiais e 11 camponeses sem-terra em uma fazenda do leste do país, nos últimos 15 dias.

O Secretário Geral da OEA, José Miguel Insulza, pediu que o "devido processo legal" fosse respeitado e assinalou que deve haver respeito à Constituição e às leis do país.

Tudo o que sabemos sobre:
Fernando LugoParaguaiOEAimpeachment

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.