Ofensiva do governo em Damasco mata dezenas

Dezenas de pessoas, incluindo várias crianças, morreram ontem em razão da ofensiva do governo sírio contra os rebeldes, em Damasco. O número exato de vítimas dos combates não foi revelado, mas áreas densamente povoadas estão entre os locais mais destruídos. O regime de Bashar Assad tenta, nos últimos dias, repelir forças do Exército Sírio Livre, de oposição, da periferia da capital. Em menos de dois anos, a guerra civil na Síria já deixou pelo menos 60 mil mortos, segundo cálculos das Nações Unidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.