Ofensiva israelense aumenta ciclo da violência, diz Abbas

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, advertiu nesta quinta-feira os enviados especiais dos Estados Unidos para o Oriente Médio de que a ofensiva israelense em Gaza só "contribui para aumentar o círculo vicioso da violência". "As ofensivas militares, as incursões, as detenções, o assédio, os castigos e a construção de assentamentos só contribuirão para ampliar o círculo vicioso da violência, o caos, o extremismo e o derramamento de sangue", disse Abbas nesta quinta, na cidade cisjordaniana de Ramallah. Abbas fez estas declarações após reunir-se com Elliott Abrams, assessor para a região do Conselho de Segurança Nacional do presidente dos Estados Unidos, e David Welsh, subsecretário de Estado para Assuntos do Oriente Médio. Segundo o presidente da ANP, os problemas políticos necessitam de soluções políticas, e não militares. "A solução política é o fim da ocupação, o processo de paz para aplicar a visão do presidente americano George W. Bush de criar um Estado palestino", afirmou. Abbas pediu ainda aos EUA e à comunidade internacional que intervenham para conter os ataques israelenses à Faixa de Gaza, que desde quarta-feira já causaram a morte de onze palestinos, e deixaram mais de 80 feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.