Ofensiva israelense em Gaza deixa 4 mortos e 4 feridos

Israel deu continuidade neste sábado com sua incursão ao sul da Faixa de Gaza, com ataques aéreos matando cinco palestinos, incluindo uma mãe e seus dois filhos. No primeiro ataque, uma menina de 16 anos, Kifah Natour, e seu irmão Amar, 15, foram mortos, segundo o médico Ali Musa, diretor do hospital local. A mãe deles, Huda, de 50 anos, morreu mais tarde em decorrência dos ferimentos. Quatro outras pessoas, incluindo o membro mais novo da família, um garoto de 13 anos, também foram gravemente feridas.O exército israelense divulgou que o seu alvo eram grupos de militantes.Um militante de 19 anos do Jihad Islâmico e um atirador de 21 anos do Hamas foram mortos em dois outros ataques aéreos na área, afirmaram seus respectivos grupos.SaldoCom o último ataque, 16 palestinos foram mortos desde que as tropas e tanques israelenses moveram-se para o sul de Gaza há três dias.Mais de 160 pessoas morreram e mais de 700 ficaram feridas desde o começo da ofensiva militar israelense, conhecida como operação "Chuvas de Verão", em 25 de junho, informaram fontes oficiais palestinas.Nessa data, milicianos do grupo islâmico Hamas (à frente do Governo da Autoridade Nacional Palestina) mataram dois soldados israelenses e seqüestraram um terceiro, Gilad Shalit, por cuja libertação exigem a libertação de vários dirigentes e militantes que estão presos em centros penitenciários israelenses.Israel lançou uma ampla ofensiva em Gaza com o objetivo de encontrar o soldado seqüestrado e neutralizar os grupos de milicianos que atacam o território israelense com foguetes Qassam.Israel está lutando em duas frentes, contra os militantes islâmicos em Gaza e contra os guerrilheiros do Hezbollah no Líbano.Matéria alterada às 10h42 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.