Oficial nuclear visitará usina norte-coreana em duas semanas

Um oficial graduado da agência de energia atômica da ONU visitará a Coréia do Norte na próxima semana para discutir os detalhes da inspeção ao reator nuclear que Pyongyang concordou em desligar em prol do desarmamento nuclear. A informação foi divulgada neste sábado, 17, por um jornal japonês.Em uma negociação realizada em Pequim, a Coréia do Norte concordou em suspender seu reator nuclear e permitir a visita de inspetores nucleares em um prazo máximo de 60 dias. Em troca do acordo, os participantes das negociações - EUA, China, Japão, Rússia e Coréia do Sul - aceitaram fornecer apoio energético e econômico à Pyongyang.Uma delegação liderada pelo Diretor Geral da Agência de Energia Atômica (IAEA, na sigla em inglês) Olli Heinonen decidirá com o país os procedimentos de inspeção, publicou o Asahi, citando fontes do IAEA.Os 35 países-membros do IAEA deverão se encontrar em março para avaliar os resultados da visita a Pyongyang.Heinonen liderou as inspeções à usina de Yongbyon em 1994 e 2002, afirmou o jornal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.