Ogivas nucleares são ''''perdidas'''' por 36 horas

Durante exercício da Força Aérea americana, em agosto, um bombardeiro B-52H carregou por engano seis bombas nucleares, um erro grave de segurança. A denúncia foi feita pelo senador Carr Levin na sexta-feira. O Pentágono confirmou o incidente, que deixou o paradeiro das ogivas desconhecido dos militares por 36 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.