Oito chineses espancam até matar ´assaltante´ no México

Oito jovens cozinheiros chineses espancaram até a morte um suposto assaltante em Tijuana, cidade mexicana que faz fronteira com os Estados Unidos. Ele teria ameaçado o grupo com uma arma numa tentativa de assalto, informou nesta terça-feira, 13, a Polícia Municipal. Os chineses foram entregues à Promotoria para investigação. Ao confessar o espancamento os cozinheiros disseram que o suposto assaltante tinha ameaçado o grupo com uma arma. Por isso, eles se defenderam, desarmaram o assaltante e bateram nele. Depois de amarrar os braços e pernas do suposto assaltante, bateram nele e cobriram a sua cabeça com um sacoFontes da Segurança Pública informaram que receberam um pedido de auxílio numa casa de um bairro popular da cidade. No local, a polícia encontrou os oito orientais e uma pessoa morta atirada no chão, junto a uma arma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.