Oito familiares são mortos em chacina no Iraque

Oito membros da mesma família foram mortos hoje na residência deles, nas proximidades de Bagdá, por um "grupo terrorista". "Um grupo terrorista realizou às 7 horas (hora local) um crime brutal contra uma família no bairro de Al-Wehdah", afirmou o Comando de Operações de Bagdá em comunicado. "Essa gangue matou oito membros da família usando pistolas com silenciadores", disse o texto. "Os criminosos decapitaram alguns deles."

AE, Agencia Estado

22 de fevereiro de 2010 | 12h23

Não estava ainda claro o motivo dos crimes. Al-Wehdah é um bairro de maioria muçulmana xiita, a 20 quilômetros a sudeste da capital iraquiana. Apesar de a violência ter caído dramaticamente no Iraque, em comparação com o pico de confrontos sectários entre 2005 e 2007, os ataques ainda são comuns, especialmente na instável província de Mossul, no norte iraquiano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraquechacinafamiliares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.