Oito ficam feridos após explosões de gás na Flórida

Uma série de explosões atingiu uma instalação de gás propano, na região central da Flórida, deixando oito pessoas feridas, das quais pelo menos três em estado grave.

Agência Estado

30 de julho de 2013 | 10h40

Segundo John Herrell, do escritório do xerife do condado de Lake, não houve vítimas fatais, apesar das enormes explosões registradas na fábrica de processamento de propano Blue Rhino, na noite de segunda-feira. "A direção disse que todos os que eles sabiam que estariam aqui nesta noite foram localizados", disse ele.

O chefe dos bombeiros, Richard Keith, afirmou que as possíveis causas das explosões foram defeito no funcionamento dos equipamentos ou erro humano e que não há suspeita de sabotagem.

Uma pessoa ferida na explosão estava em estado grave no hospital Health Shands, da Universidade da Flórida, e outras três também estavam em estado grave no Centro Médico Regional de Orlando.

A fábrica Blue Rhino, que fica a noroeste de Orlando, envasa gás propano usado geralmente em churrasqueiras e outros usos.

Herrell disse que um grupo de 24 e 26 pessoas trabalhava no período noturno quando a explosão aconteceu, por volta das 22h30 de segunda-feira.

Imagens da emissora WESH-TV, de Orlando, mostraram focos de incêndio em meio aos caminhões usados para transportar os bujões de gás propano. O fogo ainda provocava nuvens de fumaça horas após a explosão. Segundo informações do jornal Daily Commercial, de Leesburg, a fábrica foi construída em 2004 e empregava pouco menos de 50 pessoas. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAgásexplosãoFlórida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.