Oito lançadores de míssil são roubados na Rússia

Pelo menos oito lançadores de míssil portáteis, de ombro, forma roubados de um arsenal naval russo, informa a agência de notícias Interfax. Os lançadores Strela foram roubados de Bolshiye Izhory, na região de São Petersburgo, Distrito Militar de Leningrado. O informe da Interfax não diz quando o roubo ocorreu, nem quem tinha acesso ao equipamento. Esses lançadores portáteis têm sido usados por rebeldes chechenos para derrubar helicópteros russos. O ministro da Defesa, Sergei Ivanov, foi citado dizendo que, mês passado, um sistema Strela foi usado para disparar os mísseis que por pouco não derrubaram um avião israelense que decolava de Mombasa, no Quênia, com 271 pessoas a bordo.

Agencia Estado,

15 Julho 2003 | 14h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.