Oito morrem em duplo ataque suicida no Afeganistão

Entre os mortos, seis eram agentes; outras vinte pessoas ficaram feridas, segundo fonte oficial

Efe,

07 de setembro de 2008 | 09h52

Pelo menos oito pessoas morreram neste domingo, entre eles seis agentes, e 20 ficaram feridas em um duplo ataque suicida contra a delegacia da cidade afegã de Kandahar, informou uma fonte oficial. A maioria dos feridos também é de agentes, segundo o irmão do presidente afegão e chefe do Conselho Provincial de Kandahar, Wali Karzai.   No entanto, o chefe de Polícia de Kandahar, Matiullah Qateh, disse que dois agentes morreram e mais de 30 pessoas sofreram ferimentos no atentado. "Os dois eram homens nossos", disse um porta-voz da insurgência talibã, Qari Yousef Ahmadi, em referência aos suicidas que cometeram o ataque.   Ahmadi acrescentou que, no atentado, morreram "mais de dez policiais". Kandahar, uma das cidades mais populosas do Afeganistão, fica na província com o mesmo nome, que, junto com a vizinha Helmand, representam os maiores redutos dos rebeldes no país.

Tudo o que sabemos sobre:
Atentado suicidaAfeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.