Oito pessoas morrem em atentado suicida na Argélia

O terrorista suicida conduzia uma caminhonete carregada de explosivos detonados perto de um posto militar

EFE

10 de agosto de 2008 | 05h33

Um atentado suicida com carro-bomba contra um posto de controle da Gendarmaria Nacional da Argélia na província de Boumerdès, na região da Cabília, deixou 8 mortos e 19 feridos na noite de sábado, informou o Ministério do Interior. O terrorista suicida conduzia uma caminhonete carregada de explosivos que detonou perto do posto de controle da Gendarmaria (corpo de caráter militar) na praia de Zemmouri El Bahri, no noroeste da província de Boumerdès, a 35 quilômetros ao leste de Argel. Trata-se de uma praia muito freqüentada pelos argelinos durante o período de verão. Várias casas situadas nas proximidades do local da explosão ficaram danificadas, segundo as mesmas fontes, que disseram que nove dos 19 feridos continuam ainda hospitalizados. O de hoje é o segundo atentado suicida em uma semana, depois que no domingo passado um terrorista suicida explodiu outro carro-bomba perto da Delegacia de Tizi-Ouzou, capital da região da Cabília. Esse atentado causou 25 feridos, entre eles quatro policiais, segundo o Ministério do Interior.

Tudo o que sabemos sobre:
Argélia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.