Oito pessoas morrem em tiroteio na Tailândia

Disputas pessoas teriam motivado o incidente, segundo a polícia

O Estado de S.Paulo

11 Julho 2017 | 04h57

BANGKOK - Homens armados mataram pelo menos oito pessoas em uma casa na Tailândia após fazê-los de reféns, informou a polícia do país asiático nesta terça-feira, 11. Esse tipo de incidente é raro na nação, apesar de o porte de armas para autodefesa ser legal.  

As oito pessoas foram mortas na província de Krabi, no sul, um popular destino turístico. Outras três pessoas ficaram feridas. A polícia afirmou que o caso teria sido motivado por disputas pessoais e envolveu mais de um criminoso. 

"Nós acreditamos que havia cinco ou seis criminosos", afirmou Manat In-prom, oficial na delegacia de polícia de Ao Luk, na província. 

A Tailândia tem uma alta taxa de propriedade de armas. De acordo com o Ministério do Interior, existem 6,1 milhões de armas de fogo registradas no país de 67 milhões de pessoas, mas há ainda muitas armas não registradas em circulação. / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
Tailândia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.