Oito supostos membros da Al Qaeda presos no Paquistão

Oito supostos militantes da Al Qaeda foram detidos acusados de instalar vários lança-foguetes perto do Parlamento do Paquistão em Islamabad, informou o ministro do Interior, Aftab Sherpao.Segundo a rede "Geo TV", as autoridades ainda não divulgaram as identidades dos detidos. Mas "há indícios de sua relação com a Al Qaeda", e "todos são paquistaneses, estão sob custódia policial e seus nomes serão revelados quando for considerado oportuno", declarou Sherpao.Durante a operação, as forças de segurança paquistanesas apreenderam 49 lança-foguetes, 11 foguetes de fabricação russa, detonadores, explosivos e munição para fuzis. Nas próximas horas deverá aumentar o número de detidos.Nos dias 4 e 5 de outubro, a Polícia encontrou várioslança-foguetes perto do Parlamento, em Islamabad, e da residência do presidente do Paquistão, general Pervez Musharraf. Supostamente eles estavam prontos para ser acionados por telefones celulares.Há sete anos no poder, o presidente do Paquistão foi alvo de três tentativas de atentado, duas delas em dezembro de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.