Efe
Efe

Oito tripulantes russos morrem em acidente na maior cidade do Paquistão

Pelo menos uma pessoa recebeu assistência hospitalar por queimadura; queda é a 3ª em 5 meses

AP

28 de novembro de 2010 | 00h42

KARACHI - Um avião de carga caiu neste domingo, 28, em um complexo residencial de Karachi, a maior cidade do Paquistão, 2 minutos após a decolagem, causando um incêndio e matando oito tripulantes russos, segundo uma autoridade da aviação civil do país. Foi o terceiro acidente aéreo em menos de cinco meses no país.

Pelo menos uma pessoa em terra ficou ferida. O médico local Abdul Razak disse que uma vítima recebeu assistência hospitalar por queimaduras graves.

Aproximadamente 20 casas foram danificadas ou destruídas, embora a maioria estava em construção e se encontrava vazia, de acordo com moradores. O complexo habitacional era reservado principalmente para oficiais da Marinha e suas famílias. De acordo com testemunhas, o avião ficou a centenas de metros de colidir sobre um bloco de apartamentos densamente habitado.

O modelo de fabricação russa, que seguia em direção ao Sudão, caiu em um bairro de classe alta de Karachi, aproximadamente à 1h50 (horário local), quando muitas pessoas estavam dormindo. Um dos motores do avião estava em chamas quando a aeronave caía, disseram moradores.

"Vi que uma das asas estava em chamas e houve uma explosão, e o fogo engoliu o avião muito rapidamente", afirmou Riaz Ahmed. Caminhões de bombeiros lançaram espuma no local do acidente.

À medida que se apagava o fogo, os socorristas começaram a busca por corpos ou sobreviventes dos imóveis destruídos. Centenas de pessoas chegaram à região e começaram a gravar vídeos pelo celular, o que dificulta o trabalho dos bombeiros em situação de emergência como essa.

O porta-voz da autoridade aeronáutica, Pervais George, disse que o avião era um Il-89, para uso múltiplo é frequentemente empregado no transporte de ajuda humanitária para países em desenvolvimento.

Outros acidentes

No início do mês, em Karachi, 21 pessoas morreram quando um avião de pequeno porte caiu logo após a decolagem. Em julho, uma aeronave de passageiros operada pela companhia aérea paquistanesa Airblue caiu durante uma tempestade nas montanhas perto da capital, Islamabad, matando todas as 152 pessoas a bordo.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoKarachiacidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.