Oito vereadores assassinados na Colômbia

Pelo menos oito vereadores do município colombiano de Rivera, no departamento de Huila, foram assassinados nesta segunda-feira por supostos guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), informaram fontes oficiais.As redes de rádio "RCN" e "Caracol" informaram que todos almoçavam em um restaurante da cidade, 350 quilômetros ao sudoeste de Bogotá, quando um esquadrão armado veio e atirou neles. Acabaram ficando feridos outros três vereadores e um policial que almoçavam no local.Há mais de uma semana, as Farc realizaram uma ofensiva de ataques em várias áreas do país, entre elas Caquetá, restringindo o abastecimento de produtos e o transporte de passageiros - o que já acarreta em graves perdas econômicas para a região.O mesmo grupo insurgente tentou assaltar há um ano a sede do conselho municipal de Rivera.As Farc são a maior e mais antiga guerrilha do país, com cerca de 20.000 integrantes e mais de quatro décadas de existência.No último fim de semana, o grupo comunicou novamente que não aceitará conversas de paz durante o governo do atual presidente colombiano, Álvaro Uribe, que tenta a reeleição em 28 de maio e aparece como primeiro nas pesquisas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.