Oleoduto explode na China

Chamas duraram mais de 15 horas; incidente ocorreu no porto de Dalian, no norte do país

Associated Press

17 de julho de 2010 | 03h27

Bombeiros caminham perto do local da explosão em Dalian, na manhã deste sábado, 17. Foto: Reuters

 

 

 

PEQUIM - Um oleoduto explodiu em um porto chinês, causando um fogo massivo que durou mais de 15 horas antes de ser apagado neste sábado, 17. Oficiais locais dizem que ninguém ficou ferido.

 

A imprensa estatal disse que o oleoduto explodiu na sexta-feira, 16, à tarde, e mais de 2 mil bombeiros trabalharam até a noite para controlar as chamas e conter explosões em um segundo oleoduto.

 

A televisão central da China mostrou as chamas entre os tanques no porto na cidade nortista de Dalian, e a imprensa estatal descreveu as chamas com altura de 30 metros.

 

A causa da explosão inicial não foi esclarecida. A agência Xinhua News disse que o incidente ocorreu após um petroleiro fazer uma recarga de óleo no porto. E acrescentou que o petroleiro saiu ileso.

 

Os oleodutos são de propriedade da China National Petroleum Corp., a maior produtora de gás na Ásia.

Tudo o que sabemos sobre:
OleodutoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.