Oleoduto iraquiano sofre mais um ataque

Sabotadores danificaram um oleoduto importante no norte do Iraque, no quinto ataque do tipo em menos de um mês. Os ataques têm impedido a exportação de petróleo pelo sistema de oleoduto para a Turquia, e custam cerca de US$ 7 milhões por dia em prejuízos. Abdel al-Qazzaz, diretor-geral da Northern Oil Co., afirmou que a parte danificada nesta segunda-feira transportava 35.000 barris por dia dos campos petrolíferos de Jabour, 30 km a sudeste de Kirkuk, para o principal oleoduto que se origina na cidade do nordeste iraquiano.Uma válvula foi incendiada, e apesar de intensos trabalhos dos bombeiros, as chamas só devem ser totalmente debeladas na manhã desta terça-feira, segundo al-Qazzaz. Cerca de 300 metros do oleoduto foram danificados. A previsão é que os reparos levem pelo menos cinco semanas. Os militares americanos festejavam nesta segunda-feira o sétimo dia seguido sem que nenhum soldado dos EUA tenha sido morto no Iraque. No único ataque registrado contra forças americanas, guerrilheiros iraquianos bombardearam uma patrulha dos EUA saindo de um túnel no centro de Bagdá. Dois soldados americanos ficaram feridos e dois veículos Humvee, danificados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.