Olmert: bloqueio ao Líbano só será suspenso com envio de tropas

O primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, disse nesta terça-feira ao enviado da ONU para o Líbano, Terje Roed-Larsen, que o bloqueio aéreo e marítimo ao país vizinho só será suspenso quando as tropas internacionais estiverem posicionadas e controlando as passagens fronteiriças com a Síria.Segundo um comunicado do escritório do primeiro-ministro, Olmert disse ao enviado das Nações Unidas para o Líbano que "o posicionamento da força (multinacional da ONU) nas passagens fronteiriças com a Síria e no aeroporto permitirá que Israel suspenda o bloqueio marítimo e aéreo".Israel disse inúmeras vezes que se preocupa com a possibilidade de armamentos continuarem chegando da Síria ao grupo xiita Hezbollah. Foi com esse argumento que Israel justificou uma recente operação no sul do Líbano que, segundo Beirute e a ONU, constituiu em um descumprimento das condições do cessar-fogo.Em declarações à rádio pública israelense, o enviado da ONU apelou de novo a Israel para que suspenda o bloqueio imposto ao Líbano.O Governo libanês leva a cabo sérios esforços para evitar que a milícia do Hezbollah introduza armamento no Líbano. Além disso, prepara um sistema para evitar o tráfego de armas por ar, mar e terra, assegurou.Roed-Larsen também expressou a esperança de que em algumas semanas chegará ao sul do Líbano uma força internacional "substancial".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.