Olmert comunica ao gabinete que vai renunciar

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, comunicou ao gabinete que vai renunciar, disse a Rádio Israel. A emissora não informou quando Olmert apresentará sua carta de renúncia ao presidente Shimon Peres. Olmert fez o anúncio poucos dias depois de o partido governista, o Kadima, eleger a ex-chanceler Tzipi Livni para substituí-lo na presidência do partido. Olmert está sendo obrigado a deixar o cargo por causa de um escândalo de corrupção. A saída dele abre caminho para Livni tentar formar um novo governo de coalizão. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.