Olmert descarta uma guerra entre Israel e a Síria

Israel não descarta a uma operação terrestre na Faixa de Gaza

Agencia Estado

21 Junho 2007 | 13h08

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, afirmou nesta quarta-feira, 20, que não existem razões que possam levar a uma guerra entre seu país e a Síria.Em declarações aos jornalistas que acompanharam o seu retorno depois de uma visita aos Estados Unidos, Olmert disse que não existe motivo algum porque "nem Israel nem a Síria querem" um conflito, informou esta manhã a rádio pública israelense.No entanto, o chefe do governo israelense enfatizou que "às vezes, algumas especulações podem ser causa de mal-entendidos" entre os dois países.Olmert, que se reuniu na terça-feira, 19, com o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, não descarta a possibilidade de uma operação terrestre na Faixa de Gaza para impedir o contrabando de armas para o Hamas. Mas admitiu que ações desse tipo não são suas "favoritas"."Não acho que uma incursão na Faixa de Gaza seja a resposta adequada. Há outras coisas que podem ser mais eficientes", declarou à imprensa, após a reunião com Bush.

Mais conteúdo sobre:
IsraelSíriaOlmert

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.