Olmert diz que ofensiva pode durar mais que o previsto

O primeiro-ministro interino de Israel, Ehud Olmert, afirmou hoje que a ofensiva contra os palestinos "pode levar mais tempo que nós prevemos neste momento". Olmert falou no início de uma reunião do gabinete. O primeiro-ministro afirmou que a operação tem como objetivo restaurar a tranqüilidade no sul de Israel, afetado pelos ataques com foguetes lançados por militantes do grupo político palestino Hamas na Faixa de Gaza.Aviões de combate israelenses lançaram uma operação contra centenas de alvos em Gaza ontem e na manhã deste domingo. Até agora, mais de 270 palestinos foram mortos e mais de 600 ficaram feridos. Não estava ainda claro quantos civis se feriram. Funcionários palestinos afirmaram que os militantes formavam a maioria dos mortos.Olmert ocupa o posto interinamente, até as eleições israelenses em 10 de fevereiro. Ele foi forçado a renunciar após ser envolvido em uma série de investigações por corrupção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.