Olmert diz ter pedido abstenção dos EUA

O premiê israelense, Ehud Olmert, afirmou ontem que um telefonema seu ao presidente George W. Bush fez com que os EUA se abstivessem de votar na resolução do Conselho de Segurança da ONU que pede o imediato cessar-fogo na Faixa de Gaza, aprovada na semana passada. Após o telefonema, a secretária de Estado Condoleezza Rice - que era a favor da trégua - teria sido desautorizada por Bush a apoiar a medida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.