Olmert e Abbas vão se reunir quinzenalmente, diz Rice

A secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, disse, nesta terça-feira, 27, que há um "caminho de cooperação" para o novo governo de união palestino, já que o primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, e o presidente da Autoridade Palestina (AP), Mahmud Abbas concordaram em se reunir a cada duas semanas."Eles farão reuniões regulares nas quais não falarão apenas sobre questões diárias, mas sobre um horizonte político", disse Rice em entrevista coletiva em Jerusalém. A secretária de Estado declarou ainda que participará de algumas dessas reuniões."As partes terão que resolver os problemas e quando surgir algum obstáculo eu intervirei, se for necessário, com reuniões a três", explicou.Rice espera a participação da comunidade internacional, principalmente dos vizinhos árabes. "É preciso que os Estados árabes se associem. Eles devem demonstrar que recebem Israel como parte do Oriente Médio, algo que exigirá tempo e esforços", pediu. Este, acrescentou, é o objetivo central do presidente dos EUA, George W. Bush, para a região.O novo governo palestino, uma coalizão entre o grupo islâmico Hamas e o partido moderado Fatah, teve início na semana passada.Rice fez as declarações depois de três dias de reuniões com líderes israelenses, palestinos e jordanianos. Ela chegou à região no domingo para sua quarta visita, em quatro meses, numa tentativa de fazer com que palestino e israelense iniciassem negociações de paz.A secretária de Estado disse que os entendimentos tornaram-se "mais complexos" com a presença do Hamas no governo palestino, já que o grupo recusa-se a reconhecer o Estado de Israel e a renunciar à violência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.