Olmert e Mubarak vão discutir conferência regional

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, viaja nesta quinta-feira ao Egito para se reunir com o presidente HosniMubarak, o principal mediador entre Israel e a Autoridade Nacional Palestina (ANP), que lhe propôs realizar uma conferência regional.A reunião está prevista para esta tarde na localidade de Sharmel-Sheikh, do deserto do Sinai, nas margens do Mar Vermelho."Não temos nenhum problema com (participar de) a conferência se o presidente Mubarak a propõe", disse um funcionário do governoisraelense, não identificado, ao jornal Ha´aretz.Nessa conferência participariam, além de Mubarak e Olmert, o reiAbdullah II da Jordânia e o presidente da ANP, Mahmoud Abbas. O objetivo, entre outros, seria sentar as bases para retomar oprocesso estagnado de paz entre israelenses e palestinos.Fontes do governo israelense asseguravam na manhã desta quinta-feira que em Sharm el-Sheikh não será anunciada a troca de prisioneiros palestinos pelo soldado israelense Gilad Shalit, capturado em junho do ano passado por comandos de Gaza, pois a brecha entre as duas partes é ainda "muito grande" para um acordo.O primeiro-ministro Olmert solicitará ao presidente egípcio maior esforço de suas forças de segurança para impedir o contrabando de armas e explosivos a partir do Sinai em direção à Faixa de Gaza, onde na noite da quarta-feira foram retomados os confrontos armados entre milicianos islâmicos do Hamas e nacionalista do Fatah.Algumas fontes palestinas informam que na Faixa de Gaza, com 1,4 milhão de habitantes, entre 120.000 e 150.000 estão armados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.