Olmert exige libertação de soldado

Em encontro com o enviado do governo americano ao Oriente Médio, George Mitchell, o primeiro-ministro Ehud Olmert afirmou que qualquer acordo sobre a reabertura das fronteiras da Faixa de Gaza será condicionado à libertação do soldado de Israel Guilad Shalit, sequestrado em junho de 2006 pelo Hamas. "Hoje estão abertos os postos de fronteira de Gaza para ajuda humanitária, mas seu funcionamento normal só acontecerá quando avançarmos nas discussões sobre Shalit", teria dito Olmert, segundo fontes da chancelaria israelense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.